Este álbum é um dos mais sensacionais e inovadores tratados sobre Viola Caipira do Brasil. E revela também o excelente instrumentista e compositor que Almir Sater é, outrora conhecido mais como cantor de MPB interiorana.

É essencialmente ligeiro e há uma carga tradicional enorme nas composições (extremamente originais, por sinal), mas ao introduzir instrumentos incomuns ao universo da Viola (cítara e bateria eletrônica), este álbum é a fronteira histórica entre a Viola tradicional e o que se está fazendo de novo em termos de Viola Sertaneja no Brasil.

A canção-chave do álbum é sem dúvida Luzeiro, que ficou famosa na abertura do programa de televisão Globo Rural. Mas mesmo sem a ajuda da TV, a canção é uma belíssima explosão de tradição e modernidade. Tanto é que foi recorrentemente gravada e inspirou diversos novos violeiros no YouTube.

  1. Corumbá (Guilherme Rondon - Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
    Guilherme Rondon : Violão
  2. Minas Gerais (Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
    Alzira Espíndola : Violão 12 Cordas
  3. Vinheta do Capeta (Carlão de Souza - Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
    Carlão de Souza : Violão 12 Cordas
  4. Luzeiro (Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
    Papete (José de Ribamar Viana) : Bateria Simmons, Percussão
  5. Benzinho (Almir Sater)
    Almir Sater : Violinha
    Alzira Espíndola : Violão 12 Cordas, Efeitos de Voz
  6. O Rio de Piracicaba (Tião Carrero - Piraci - Lorival dos Santos)
    Almir Sater : Viola
    Carlão de Souza : Violão 12 Cordas
  7. Na Piratininga: De Jeep (Tavinho Moura)
    Almir Sater : Viola
    Tavinho Moura : Violão
  8. Doma (Zé Gomes - Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
    Zé Gomes : Violino
  9. Viola de Buriti (Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
  10. ...E de Minas pra Riba (Zé Gomes-André Gomes-Almir Sater)
    Almir Sater : Viola
    André Gomes : Cítara
    Zé Gomes : Violino

Arranjos: Almir Sater