A canção mais emocionante deste álbum é Na volta que o mundo dá, de Vicente Barreto e Paulo César Pinheiro.